É preciso falar sobre Transtornos do Humor

São denonimados transtornos de humor as alterações de ordem mental que consistem em períodos, às vezes alternados, de tristeza, mania e irritabilidade. Podem ser classificados em transtorno bipolar, distimia e depressão.

Para se ter uma ideia da dimensão do problema, basta verificar alguns números. Segundo a Associação Pan-Americana de Saúde, a depressão atinge mais de 300 milhões de pessoas. Já a Organização Mundial da Saúde afirma que cerca de 140 milhões de pessoas no mundo têm Transtorno Bipolar.

Um artigo publicado na Revista Brasileira de Psiquiatria, da Associação Brasileira de Psiquiatria, chama a atenção para o “Transtorno de humor e aparecimento de câncer: evidências de uma amostra populacional de mulheres australianas”.

Conforme a publicação, “os transtornos de humor representam um fardo substancial para a saúde e a economia em todo o mundo. Devido à sua natureza crônica e frequentemente recorrente e às vias fisiopatológicas comuns, transtornos do humor têm sido associados a comorbidades, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes, doença do refluxo gastroesofágico, asma, artrite e fratura óssea”.

Além disso, continua o estudo, “as taxas de mortalidade entre aqueles com transtornos do humor foram estimadas em 35% maiores do que na população em geral, com a maioria dessas mortes devido a comorbidades físicas crônicas”.

Portanto, pessoas portadoras de transtorno do humor precisam de tratamento e acompanhamento de especialista. E vale o alerta: o quanto antes procurar ajuda, melhorar para o controle do problema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *